Prefeitura de Dubai: Maior edifício do mundo construído em impressão 3D

Prefeitura de Dubai: Maior edifício do mundo construído em impressão 3D

Parece que foi ontem que surgiu a primeira impressão em 3D, aquela baita novidade que deixou todo mundo impressionado pela capacidade como conseguia imprimir e dar vida a diversos objetos – e mesmo depois do começo de sua popularização, ela ainda tem a capacidade de nos deixar impressionados pela sua capacidade de prototipagem rápida de coisas como brinquedos, itens de decoração, calçados, casas inteiras, carros e até mesmo órgãos humanos.

Na mesma via dessa inovação, Dubai resolveu ter o maior edifício do mundo construído com esta tecnologia: a prefeitura da metrópole. É válido ressaltar aqui que Dubai tem reformulado muita coisa com base em avanços tecnológicos para se transformar, cada vez mais, em uma cidade “do futuro”, um exemplo disto é o registro dos imóveis através de blockchain.

Outro exemplo é que, desde 2018, a ideia é que cada novo imóvel construído tenha 25% feito a partir da impressão 3D. Segundo a organização Dubai Future Foundation, que se dedica a tornar a cidade um centro de tecnologia no Oriente Médio, essa medida reduzirá a mão de obra em 70% e diminuirá os custos da construção em até 90%.

A prefeitura de Dubai não terá apenas 25% de sua estrutura feita a partir da impressão 3D – todas as suas paredes serão impressas em 3D, o que a tornará, quando terminada, no maior edifício do mundo feito com base nesta tecnologia, com 9,5m de altura e 640 metros quadrados. Já as fundações do edifício serão convencionais.

O projeto está sendo executado pela Apis Cor, uma empresa estadunidense que foi a primeira a se especializar para o ramo da construção. E, até janeiro, dois pavimentos já estavam prontos, ou seja, a estrutura de parede do edifício já estava concluída. A impressora utilizada permitiu que a estrutura fosse impressa diretamente no local.

Para este trabalho, apenas três trabalhadores e a máquina para imprimir as estruturas de parede do edifício foram necessários, além de um maquinário móvel, erguido por guindastes.