Cores do Ano de 2020: Pantone e Suvinil

Cores do Ano de 2020: Pantone e Suvinil

Fim de ano é tempo de fazer resolução para os próximos doze meses, fazer aquele balanço do ano atual, viajar, descansar – em alguns casos trabalhar mais – mas, fim de ano também é quando se intensificam as tendências de várias áreas para o que vem pela frente. E é também quando muitas marcas anunciam a cor do ano – e isso aqui não tem nada a ver com a virada de ano não! (Mas se você quiser, pode pegar essa cor para chamar de sua no réveillon, por que não?)

A Pantone Color Institute, uma empresa estadunidense de consultoria de cores, é uma das mais aguardadas por designers, arquitetos, decoradores e todos do universo da moda, e costuma liberar a cor por volta da primeira ou segunda semana de dezembro. Antes de chegarmos a cor elegida por eles, é interessante falar que este tipo de anúncio não existe desde os primórdios da empresa, só começou em 2000, após aquela história que teríamos o bug do milênio ali, que muitas coisas seriam perdidas e até mesmo que o mundo acabaria. E como não acabou, a Pantone resolveu classificar a primeira, do que viria a se tornar tradição, das cores do ano: a Cor do Milênio, um azul claro, como de céu, uma cor que representava tranquilidade e positividade – afinal de contas, estava tudo bem.

A escolha de uma cor que representaria cada ano segue sempre essa linha de alcançar as coisas a nível global – eles não focavam apenas no momento do país onde estavam, mas pensavam – e pensam ainda – no todo. A cor precisa ter uma ressonância mundial, principalmente porque seu objetivo não é comercial, e sim inspirar.

E a cor 2020 certamente atinge em cheio este propósito: é a Classic Blue, que foi identificada pela equipe da Pantone como uma cor tranquila, que traz paz e serenidade, e oferece uma sensação de proteção ao espírito humano. Além disso, convida a uma reflexão e auxilia com a resiliência, e lembra o entardecer.

pantone-color-of-the-year-2020-classic-blue-banner-mobile.jpg

Imagem: Pantone

Para os mais céticos, talvez uma cor não consiga carregar tanto consigo, mas, pensa comigo: quando você vê o mar, qual é a sensação que bate em você? Ou quando você olha para imensidão do céu? O símbolo amarelo e vermelho do MC Donald’s te faz ter vontade do quê? E um pomar/quintal, recheado de verde e marrom, qual a sensação que um lugar desses traz?

Após essa breve reflexão, vamos voltar para a Classic Blue! A vice-presidente do Pantone Color Institute, a Laurie Pressman, disse em uma entrevista à Forbes, que “o Pantone 19-4052 Classic Blue, expressa confiança, fé e constância, além de oferecer proteção – qualidades que nos fornecem a presença tranquilizadora e sentimentos de calma e confiança que almejamos quando cruzamos o limiar para esta nova era”.

É uma cor que convida ao acolhimento e a calma, em meio a tanta correria dos nossos dias.

A Suvinil costuma lançar uma cor que será tendência no próximo ano, e a Suvinil Revela de 2020 também traz a sensação de calma e nos leva a respirar, meditar e acalmar – como quando estamos beira mar ou no topo da montanha. A cor, chamada de Mantra, se divide em dois subtons: Horizonte e Contemplação, que refletem um verde azulado.

Screenshot_1.png
Imagem: Suvinil

Além da cor Mantra, o estudo divulgado por eles – e assinado pela consultora da marca, Ana Kreutzer, traz 35 tonalidades para compor a cartela de comunicação do próximo ano, divididas nos temas: Repenso, Adapto e Equilíbrio.  A ideia destas cores que representam 2020 é pensar o que a casa representa pras pessoas hoje: não necessariamente para criar raízes, mas um lugar que possa nos acompanhar onde formos.